Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Álbum de Testamentos

Porque sou uma miúda com muitas maluqueiras e adoro escrever (e muito) sobre elas.

Digimon 02 #1

04.jpg

 

Há pouco mais de duas semanas, saiu o primeiro filme de Digimon Aventures Tri, o primeiro de uma série de seis. Esta série de filmes é protagonizada pelo elenco de Crianças Escolhidas da primeira temporada de Digimon, denominada Adventure. Em jeito de antecipação, no verão passado resolvi rever essa primeira temporada pela primeira vez em, pelo menos, dez anos. Foi uma experiência incrivelmente intensa, emocionante, voltar a ver aquilo que considero um dos melhores produtos televisivos para crianças (entre os oito e os doze anos, pelo menos) de todos os tempos. Escrevi um total de quinze entradas sobre Aventures, começando por esta.

 

No mês passado, resolvi rever a segunda temporada, que funciona como sequela direta à primeira. Decorre três anos após os eventos em Adventures - mais concretamente em 2002 (apesar de ter sido emitida originalmente em 2000). É precisamente o ano que faz com que a temporada se denomine Digimon 02. Por mero acaso, Digimon 02 foi transmitida pela primeira vez na televisão portuguesa precisamente entre 2001 e 2002 (embora, na altura, não tenha dado pelo pormenor do ano...).

 

Trago de volta dois alertas...

 

1) Spoilers: as entradas desta série terão inúmeras revelações sobre o enredo da primeira temporada e segunda de Digimon, talvez mesmo do primeiro filme de Digimon Adventure Tri. Leia por sua conta e risco.

 

2) Alguns conceitos próprios desta série animada têm traduções controversas - na língua portuguesa, têm mais do que uma possível. Neste texto, vou adotar as traduções com que estou mais familiarizada e/ou que considero mais adequadas.

 08.jpg

 

Em 2002, três anos depois daquelas inesquecíveis férias de Verão, o Mundo Digimon está de novo sob ameaça.O grupo original de Crianças Escolhidas (excluindo T.K e Kari, ainda que não numa fase inicial) não pode fazer nada, devido à interferência de misteriosas Torres Negras que surgem por todo o Mundo Digital, impedindo os seus companheiros Digimon de digievoluir. Assim, três novas crianças são... bem, escolhidas e cada uma delas ganha Digimons que conseguem digievoluir de maneira diferente. Mais tarde, T.K e Kari descobrem que, apesar de já terem tido o seu papel na salvação do Mundo Digimon três anos antes, estes ainda são necessários. Assim, os cinco embarcam na complicada tarefa de salvar o Mundo Digital do auto-intitulado Imperador Digimon.

  

Ao contrário do que aconteceu com a primeira temporada, que eu tinha visto inúmeras vezes em miúda, antes disto só tinha visto 02 uma vez - lá está, entre 2001 e 2002 - e, mesmo assim, tinha falhado vários episódios, incluindo os dois últimos. Como tal, ao longo destes anos todos, Adventures esteve acima da sua sucessora na minha opinião por a conhecer melhor. Agora que a vi do princípio ao fim, será que mantenho essa opinião?

 

Bem, sim. Adventures é superior a 02 em quase todos os aspetos, ainda que com exceções notáveis. De uma forma resumida, 02 apresenta uma série de conceitos interessantes, que expandem o universo do franchise, mas vários não foram desenvolvidos como mereciam. O enredo é inconsistente e as Crianças Escolhidas em nenhum momento conseguem imitar o carisma e, com poucas exceções, a profundidade das suas antecessoras, nem mesmo os veteranos T.K e Kari.  Na verdade, em 02 os vilões são mais interessantes que os heróis. Isso, por um lado, é inovador, sobretudo numa série infantil; por outro lado, é estranho, sobretudo numa série infantil. 

 04.jpg

 

Vou organizar esta análise de maneira semelhante à de Adventures. A minha ideia era que esta não se esticasse, de novo, por quinze entradas, mas acho que vai voltar a ser um número grande de publicações. Depois, ainda vou escrever sobre o primeiro filme de Tri. Em suma, preparem-se para uma grande dose de Digimon durante os próximos tempos...

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • P. P.

  • Sofia

    Obrigada pelo seu feedback. Vou ter isso em conta.

  • Pedro

    Boa tarde,uso algumas destas aplicações e confirmo...

  • Sofia

    Na minha opinião, o Pocket será útil para quase to...

  • Chic'Ana

    Só conhecia mesmo o Spotify, vou investigar os out...

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me no Twitter

Revista de blogues

Conversion