Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Álbum de Testamentos

Porque sou uma miúda com muitas maluqueiras e adoro escrever (e muito) sobre elas.

Digimon 02 #10 - O Digimon que seguia Sartre

bus.png

 

BlackWarGreymon é o Mewtwo de Digimon. Ambos encontram-se entre os mais poderosos entre os seus semelhantes. Ambos foram criados artificialmente para serem a arma de um vilão. Ambos têm crises existenciais sobre a sua condição contra-natura, por não serem seres vivos no verdadeiro sentido da palavra, por não saberem onde pertencem. Ambos, de uma maneira igualmente rebuscada, optam por um caminho destrutivo como solução para os seus problemas existenciais. Ambos procuram um adversário à altura e quem os criou/deu vida. No caso de Mewtwo, tanto o adversário como o criador correspondem a Mew, o Pokémon Lendário a partir do qual Mewtwo foi clonado. No caso de BlackWarGreymon, o adversário é Azulongmon e o criador é Oikawa. Ambos, a certa altura, decidem optar por um caminho diferente por influência de criaturas do lado dos heróis. No caso de Mewtwo, falamos de Ash, que se sacrifica para terminar a luta entre Mewtwo e Mew e, mais tarde, salva a vida ao próprio Mewtwo. No caso de BlackWarGreymon, é Agumon, que desde a primeira oportunidade procura apelar ao lado "humano" de BlackWarGreymon - mais tarde, Veemon e Wormmon fazem o mesmo. São todos criaturas inocentes, sem maldade, sem preconceitos, antídoto ideal para demónios interiores dos dois anti-vilões. Suponho que outras histórias sobre criações artificiais atinjam notas semelhantes. 

 

Se por um lado, as crises existenciais de BlackWarGreymon, o vazio que ele sente, têm a sua lógica e são de aplaudir, sobretudo depois de Adventure ter tido vilões tão unidimensionais, por outro lado, demasiadas vezes BlackWarGreymon parece um adolescente passando por uma fase emo e, definitivamente, entra demasiado em terreno filosófico - o que é estranho para uma série destinada a um público infantil. Também não ajuda o facto de ser responsável pelo mini-arco mais frustrante de toda a temporada, em que ele pura e simplesmente não percebe que o percurso destrutivo que percorre não lhe levará a lado nenhum. 

 

O papel de BlackWarGreymon está melhor conseguido na última parte da narrativa. Depois de sair de cena após o confronto com Azulongmon, BlackWarGreymon aparece no Mundo Real à procura do seu criador, ainda que indireto, Oikawa. É notável a maneira como BlackWarGreymon consegue ver claramente a verdadeira natureza Oikawa (é o primeiro a fazê-lo, aliás), as semelhanças entre ambos. Tanto Oikawa como BlackWarGreymon têm ligações tanto ao Mundo Real como ao Digital sem pertencerem verdadeiramente a nenhum deles. Os dois desprezam-se mutuamente à conta de tais semelhanças.

 

12.jpg

 

A certa altura, WarGreymon e Imperialdramon impedem BlackWarGreymon de matar Oikawa (o único que poderia extrair as Sementes da Escuridão que implantara em várias crianças). Têm um pequeno combate, de que BlackWarGreymon sai derrotado. Depois de regressarem ao nível Infantil, Agumon, Veemon e Wormmon tentam convencer BlackWarGreymon a seguir um caminho alternativo. Achei curiosas as palavras de Wormmon, claramente inspiradas naquilo que se passou com Ken. BlackWarGreymon considera ridículos os conselhos dos Digimons... mas aceita segui-los, pois, na verdade, as suas ações anteriores não haviam resultado em nada.

 

Mesmo assim, não termina aqui o seu interesse em Oikawa. Quando este recolhe a energia da primeira Semente da Escuridão que desabrocha, no episódio seguinte, BlackWarGreymon confronta-o de novo, desta feita com a verdade: que mesmo com o poder da Semente da Escuridão, Oikawa continua sozinho. Da mesma maneira que a destruição que BlackWarGreymon provocara em nada contrariara a sua sensação de vazio. Assiste à conversa entre Oikawa e o avô de Cody, sobre a qual falaremos na próxima entrada. É o único a perceber que Oikawa não está a agir por vontade própria, que está a ser controlado por uma qualquer força da Escuridão. Assim, quando essa força tenta atingir o avô de Cody, BlackWarGreymon mete-se a frente e é atingido mortalmente. Percebendo a ameaça da mão que manipula Oikawa como uma marioneta, numa tentativa de detê-la, BlackWarGreymon usa a sua própria morte para selar o portal entre o Mundo Real e o Mundo Digimon.

 

Tenho uma certa pena que BlackWarGreymon não tenha vivido tempo suficiente para experimentar o caminho sugerido por Agumon, que não tenha tido tempo para ser feliz. Podíamos tê-lo visto como aliado das Crianças Escolhidas, ou mais do que isso: como um amigo. De qualquer forma, ainda que a história de BlackWarGreymon nem sempre tenha sido bem conseguida, ao menos teve um fim satisfatório: algo que, nesta temporada, não foi muito comum.

 

Na próxima publicação falaremos, finalmente, de Oikawa.

 

 

 

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Sofia

    Obrigada pelo seu feedback. Vou ter isso em conta.

  • Pedro

    Boa tarde,uso algumas destas aplicações e confirmo...

  • Sofia

    Na minha opinião, o Pocket será útil para quase to...

  • Chic'Ana

    Só conhecia mesmo o Spotify, vou investigar os out...

  • Anónimo

    Sei que o Spotify é excelente não uso com regulari...

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me no Twitter

Revista de blogues

Conversion