Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Álbum de Testamentos

Porque sou uma miúda com muitas maluqueiras e adoro escrever (e muito) sobre elas.

Digimon 02 #5 - A herdeira da princesinha

08.jpg

 

Yolei é quase uma cópia de Mimi, quer nas qualidades, quer nos defeitos. A única diferença entre ela e Mimi é o facto de ter um lado geek, de ser a única capaz de falar com Izzy na sua própria língua. Infelizmente, esse lado mais geek acaba por aparecer pouco na história. Para todos os efeitos, Izzy continua a ser o cérebro das Crianças Escolhidas.

 

Tal como Mimi - por quem, de resto, nutre uma espécie de girl crush - Yolei diz o que pensa e sente, independentemente das circunstâncias, chegando, por vezes, a revelar-se mimada e egoísta. No entanto, tal como Mimi, Yolei tem o coração no sítio certo. Na verdade, este lado mais bondoso e adverso à violência revela-se mais cedo do que aconteceu com Mimi em Adventures - talvez porque Yolei não tem de se queixar da falta de comida, água corrente, etc, visto que regressa a casa todos os dias, depois das atividades extracurriculares

 

Yolei recebe os Digiovos do Amor (herdando a virtude atribuída a Sora) e da Sinceridade/Inocência (virtude de Mimi). Em relação ao segundo, não há surpresa conforme expliquei acima. A atribuição do Digiovo do Amor é mais questionável. Yolei não é propriamente afetuosa da maneira que Sora é e definitivamente não tem perfil para mamã do grupo. A jovem, no entanto, tem dois momentos em que justifica o Digiovo - por sinal, quando desbloqueia Digievoluções sem serem Armo.

 

O primeiro momento decorre quando Yolei consegue a sua Digievolução para nível Campeão. Na verdade, é a única que se compara às equivalentes em Adventures: sempre em momentos significativos para as Crianças Escolhidas em questão, no culminar de um episódio dedicado a elas. Momentos emocionantes que, conforme referi antes, inebriam e viciam. Na verdade, este momento acaba por se assemelhar mais às Digievoluções para nível Super Campeão em Adventure. No entanto, depois de Davis ter desbloqueado a sua para se exibir perante uma rapariga (não me canso de frisar esse pormenor) e de Cody ter desbloqueado a sua de maneira extremamente anticlimática, num episódio em que a atenção estava voltada para outras coisas, a de Yolei foi a única que empolgou de maneira comparável a Adventures.

 

08.jpg

 

Especificando, no episódio em questão, as Crianças Escolhidas debatem se podem confiar ou não em Ken, que abdicara do seu estatuto como Imperador Digimon apenas episódios antes. Tal como disse na entrada anterior, Davis é quem está mais aberto a Ken. Cody, por sua vez, está no extremo oposto. Algo que não favorece o caso de Ken perante os heróis é o facto de ele andar a matar os Digimons hostis que os têm atacado - até ao momento, as Crianças Escolhidas não tinham precisado de recorrer a esse extremo, tirando com Kimeramon.

 

Um aparte só para falar destes escrúpulos. Uma das críticas que são apontadas conjuntamente a Adventure e 02 é que, na primeira temporada, as Crianças Escolhidas não se ralavam com os Digimons que matavam. Eu concordo, mas também compreendo que, em Adventure, não havia muito tempo para debates éticos quando os Digimons hostis faziam tudo por matá-los e os miúdos não podiam voltar para o Mundo Real. 

 

Eventualmente, as Crianças Escolhidas descobrem que os Digimons que têm enfrentado foram criados a partir de Torres Negras. Sendo meras criações sem consciência (ou assim parece...), não há problema moral em matá-los. Nesse momento, Yolei percebe que se enganou em relação a Ken, que ele está verdadeiramente a tentar redimir-se. Pede-lhe perdão mentalmente e... Hawkmon Digievolui para Aquilamon. Sabendo que Yolei vai, eventualmente, casar-se com Ken, não sei se existirão sementes de romance nesta Digievolução.

 

16.jpg

 

Outra prova de Amor, ainda que não-romântico (ou será? Fica ao critério de cada um... e também à imaginação...) dá-se quando desbloqueia a Digievolução ADN com Kari. As duas fazem um par interessante pois Kari é sobrenaturalmente altruísta, corajosa e, ainda que não propriamente tímida, é mais reservada que Yolei. No episódio em que conseguem a Digievolução ADN, Yolei vê tanto Kari como Ken procurando resistir à influência do Mar Negro. Quando Kari tem um ataque de histeria pouco característico, em que sente as Trevas engolindo-a, Yolei acalma-a. Primeiro com... uma estalada. Depois, dizendo-lhe que nunca deixará que a Escuridão a leve. É um momento bonito, de ligação entre as duas raparigas, permitindo que Gatomon e Aquilamon Digievoluam para Silphymon. 

 

O pior é que não passa disso, de momentos. Eu gostaria de ter visto mais deste lado mais gentil de Yolei. No entanto, como acontece com Davis, no fim de 02, o carácter de Yolei pouco ou nada mudou. Como prova o desejo que se manifesta no Mundo dos Sonhos: ser filha única. Para além de não lhe conquistar simpatia, fica a frustração de quase não termos visto nada destes supostos ciúmes antes (eu só digo "quase" por uma questão de precaução, porque eu não me recordo de alguma vez ter visto Yolei em verdadeiro conflito com os irmãos). Além disso, depois de a larga maioria das histórias pessoais em Adventures terem incluído a resolução de conflitos familiares, esta ponta por atar na história de Yolei incomoda.

 

Infelizmente é mais um exemplo do machismo em Digimon, já que, em duas temporadas, a única personagem feminina com um desenvolvimento decente é Mimi - e, mesmo assim, não tanto como personagens masculinas como Tai, Matt e, conforme veremos a seguir, Cody, Ken e Oikawa. É precisamente de Cody que falaremos na próxima entrada.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

Segue-me no Twitter

Revista de blogues

Conversion